Serviço de nefropatologia

O serviço de nefropatologia da Universidade Federal do Triângulo Mineiro foi criado em maio de 1996, pela médica patologista Dra. Marlene Antônia dos Reis. O serviço foi implementado após a formação da coordenadora, que desenvolveu seu mestrado e doutorado em Nefropatologia na Universidade de São Paulo, em Ribeirão Preto, sob orientação do Nefropatologista Dr. Roberto Silva Costa, um dos maiores pilares da nefropatologia brasileira e grande incentivador e possibilitador da formação do serviço na UFTM. Paralelamente às atividades de pós-graduação desenvolvidas em Ribeirão Preto a coordenadora também desenvolvia atividades de ensino e pesquisa na disciplina de Patologia Geral da UFTM, o que possibilitou a concorrer em editais de fomento e adquirir equipamentos (microscópio de fluorescência e câmara capturadora de imagens) e outros materiais de consumo necessários para iniciar o serviço de nefropatologia. Hoje o serviço recebe uma gama de biópsias renais, as quais são utilizadas para prestação de serviço assistencial e para realização de pesquisa científica. Além disso, o serviço oferece um curso anual, o Curso de Aperfeiçoamento em Nefropatologia, com carga horária de 180h que tem por objetivo ensinar as doenças renais, de tal forma que os estudantes possam conhecer a etiopatogênese e reconhecer as alterações morfológicas das doenças renais em biópsias de rim nativo ou rim transplantado.